QUERIDINHO DO DIA: CACHECOL OU GRAVATA?


Para quem gosta de inovar nas peças, tem uma novidade virou sensação no último inverno do hemisfério norte: O cachecol-gravata.

Eu achei uma fofura!



Quem quiser encomendar uma gracinha dessas, pode enviar um email para atendimento.loucosesantos@gmail.com e tirar as dúvidas de como fazer.

A Loucos e Santos é uma marca de camisetas e acessórios, da Natty Bischoff e do Daniel Confortin. Eu não conheço, mas se o pessoal do Petisco indicou, deve ser coisa boa.

SOU BRASILEIRA E….


…quero um uniforme desse A-GO-RA!!!







Será que para conseguir um uniforme igual ao que os jogadores usarão na viagem eu terei que ir para África do Sul?

Bom, reza a lenda que estará disponível para nós, meros mortais, em maio.

MINHAS MUSAS: KATE MOSS


Muita gente fica sem entender o porque de Kate Moss ser tão adorada pelos fashionistas (eu não entendia essa obsessão).
A londrina, que foi descoberta em 1988, aos 14 anos, viu sua carreira deslanchar aos 15, quando tirou fotos em preto e branco para a revista britânica “The Face”.
Em 2004, a modelo garantiu a 8ª posição na eleição da revista Celebrity Sleuths das 25 Mulheres mais sexys do mundo. Segundo a revista Forbes, Kate Moss foi, em 2006, a 2ª modelo mais bem paga do mundo, com ganhos estimados em 9 milhões de dólares, em 2007 a 3ª, com ganhos a rondar os 7,5 milhões e em 2008 novamente a 3ª, com 8,5 milhões.
Kate Moss foi colocada na 2ª posição na lista das “20 modelos-ícones” publicada pelo site Models.com.
Moss passou por um “perrengue” danado, quando o tablóide inglês Daily Mirror exibiu fotos onde ela consumia fileiras e mais fileiras de cocaína.

Amigos da modelo, entre eles Naomi Campbell, Helena Christensen, Alexander McQueen e o ex, Johnny Depp, ajudaram a diva a se manter firme, dando apoio publicamente.
Kate deu a volta por cima e, em 1 de janeiro de 2009, recebeu a honra de dama da Ordem do Império Britânico.










Agora você entendeu? Eu entendi! =D

Menu