Categoria Beleza

NA PONTA DOS DEDOS


A querida – e sempre presente – amiga Jack tem mãos lindas e unhas sempre bem cuidadas (viu que boa memória, Jack?). Como não poderia ser diferente, a loiríssima pediu um post sobre esmaltes.
Estava pesquisando e o assunto é beeeeeeeem abrangente, difícil de colocar tudo em um post só. Então, resolvi falar um pouco sobre um drama que vivi há uns 3 anos atrás.

Quem me conhece há mais tempo, sabe que já fui dona de belíssimas unhas. Eram ernoooormes e super fortes. Do nada, sempre que fazia as unhas, meus dedos começavam a coçar muito, ficavam inchados e, para piorar, meus olhos começaram a inchar tanto quanto os dedos e as unhas foram ficando fracas, fracas, cheias de ondulações. Resultado: esmaltes comuns, não mais!
Estava à procura de um esmalte hipoalergênico que tivesse brilho e durasse um pouco mais. Na época, descobri que esses não exitiam, até que li nas embalagens dos esmaltes Colorama uma informação que mudaria a vida das minhas unhas: “Sem Tolueno; Sem Formaldeído”. Bingo!
Hoje em dia eu nem penso em usar outra marca (só de pensar em meus olhos inchados, entro em pânico) e a Colorama está com cores e textura cada vez mais lindas e melhores.
Se você também passa por esse drama, procure um dermatologista e peça para fazer exames com esses componentes. Experimente! Mas lembre-se: Nem todos os esmaltes Colorama estão sem esses componentes. Esses dão alergia (em mim) como os de outras marcas.
Isso é uma história minha e não vou deixar vocês, que têm unhas firmes e fortes e lindas, na mão (hahahaha… péssimo o trocadilho). Existe um blog PER-FEI-TO que fala simplesmente TUDO sobre mãos, unhas e etc. Acesse o “Mão Feita. Não Tire Bife, ok?!“, tire todas as dúvidas e fique antenadíssima nas novas tendências para as suas unhas.
Fica a dica!

QUAL É O PENTE QUE TE PENTEIA?



Nós, que não temos os cabelos mais fáceis do mundo, temos que nos virar para conseguirmos nos olhar no espelho com gosto. Tá certo que não é nem um bicho de sete cabeças, mas nossos cachos precisam, de fato, de um carinho a mais.

Existe um blog, o Cabelo Bom, que dá altas dicas para nossos lindos cabelos e, a pedido da amiga Lu, tem também boas dicas para cabelos crespos, que vocês podem ver bem aqui.
Segue um trechinho do post:
“É inegável dizer que existe uma pressão social e estética a favor dos fios retos, que nos faz desde cedo tentar cuidar do cabelo crespo da forma errada. Cortamos, lavamos, penteamos e secamos o cabelo crespo como se ele fosse liso, e é claro que ele não fica da maneira que gostaríamos. Não temos informação suficiente sobre como cuidar do nosso tipo de cabelo, ao contrário, somos bombardeadas com a ideia de que o liso dá menos trabalho e é mais bonito. Assim, compramos essa verdade e viramos escravas de uma rotina de cuidados e tratamentos que certamente são mais desgastantes para nós e para o fio do que tratá-los da maneira recomendada para o tipo dele.”

Uma coisa eu já digo: Vale MUITO a pena ver o blog inteiro!

Menu